Desenvolvimento
Reformulação
e Hospedagem de sites
Projetos personalizados para empresas de pequeno e médio porte
Conheça

O que fazemos.

Sites responsivos

Com páginas otimizadas, que se adequam a dispositivos móveis (smartphones e tablets) e computadores

E-commerce Wordpress

Pensado para ser uma opção de baixo custo, o E-commerce Wordpress é perfeito para as empresas que estão iniciando sua loja virtual

Hospedagem

Com armazenamento em SSD e tecnologia Cpanel, nossa Hospedagem tem um conjunto intuitivo e fácil de usar

Cloud Server

Mais performance para suas aplicações

Blog.

WhatsApp, Instagram e Facebook ficam fora do ar nesta segunda (4)

WhatsApp, Instagram e Facebook ficam fora do ar nesta segunda (4)

O WhatsApp, Instagram e Facebook estão fora do ar para diversos usuários nesta segunda-feira (04). De acordo com os relatos no Twitter, as pessoas estão com problemas para enviar ou receber mensagens, realizar publicações e atualizar o feed de notícias. O Instagram Stories não carrega novos posts e o WhatsApp fica com uma mensagem de \"Conectando\" no topo da tela.Serviços do Facebook estão indisponíveis Ainda não se sabe o motivo para a instabilidade nos serviços do WhatsApp e Instagram, mas todos eles são parte da rede do Facebook, que também está com problemas em seu aplicativo principal. O DownDetector, site que monitora o funcionamento dos principais serviços online, revela que os problemas começaram a se intensificar a partir das 12h29. WhatsApp, Instagram e Facebook fora do ar (Imagem: Reprodução/DownDetector) O mapa de calor do DownDetector mostra que grande parte dos relatos vêm de São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, Brasília e Recife. Também há sinalizações de queda no Peru, na Colômbia e no Chile. Mapa de calor com localização dos relatos (Imagem: Reprodução/DownDetector) Até o site de status do Facebook caiu O site do Facebook para desenvolvedores, que traz os status dos serviços da empresa, está fora do ar no momento de publicação desta matéria. A companhia se pronunciou via Twitter sobre os problemas que atingem seus principais aplicativos nesta segunda.\"Estamos cientes de que algumas pessoas estão tendo problemas para acessar nossos aplicativos e produtos. Estamos trabalhando para que as coisas voltem ao normal o mais rápido possível e pedimos desculpas por qualquer inconveniente.\" Este artigo poderá ser atualizado posteriormente para a inclusão de um novo posicionamento da empresa. Facebook \"some\" da internet Também no Twitter, o CTO do CloudFlare, John Graham-Cumming, postou um gráfico que mostra que o Facebook e suas propriedades praticamente desapareceram da internet depois de uma atualização de border gateway protocols (BGP). Na thread, ele também explica que a queda de um serviço desse tamanho leva as pessoas a tentarem se conectar novamente, sobrecarregando servidores de DNS e causando instabilidade em outros serviços. Agora, eis a parte divertida. O CloudFlare tem um resolvedor DNS gratuito, 1.1.1.1, e muitas pessoas o usam. Então, Facebook etc. caem… adivinha o que acontece? As pessoas continuam tentando. Softwares continuam tentando. Somos atingidos por uma grande inundação de tráfego DNS solicitando o facebook.com. E assim, o Facebook etc. estão fora do ar, e as equipes do CloudFlare têm que se virar para garantir que as coisas continuem funcionando bem durante a queda.John Graham-Cumming, CTO do CloudFlare, no Twitter

Leia mais
'Sua conexão não é particular': erro 'quebra' internet de usuários do Chrome

'Sua conexão não é particular': erro 'quebra' internet de usuários do Chrome

A mensagem \"sua conexão não é particular\" está sendo exibida para usuários do Google Chrome que tentam navegar na Internet nesta quinta-feira (30). O erro afeta donos de computadores e celulares antigos, e acontece porque um certificado digital crucial para a navegação segura na web expirou na data de hoje. Usado por milhões de sites para criptografar as conexões entre dispositivos e a Internet, o certificado \"IdentTrust DST Root CA X3\", fornecido pela empresa Let’s Encrypt, foi programado para expirar em 30 de setembro. A informação foi divulgada no blog de Scott Helmy, especialista em cibersegurança. Com a expiração, computadores, celulares e navegadores deixaram de validar as páginas que usam o certificado HTTPS, já que não é possível atestar a confiabilidade dos sites. \"Sua conexão não é particular: invasores podem estar tentando roubar suas informações\", diz mensagem de erro exibida a usuários do Chrome A expiração não é um problema para todos os usuários; apenas para donos de dispositivos antigos. Isso porque eles não poderão baixar e instalar atualizações de certificado necessárias para garantir um acesso seguro à Internet. Quem executa versões anteriores ao macOS 2016 e do Windows XP (com Service Pack 3), por exemplo, tem grandes chances de enfrentar dificuldades para navegar na web, assim como donos de celulares Android com versões anteriores à de número 7 (Nougat). Como resolver o problema \'Sua conexão não é particular\' Usuários com celulares antigos e que não têm condições de comprar equipamentos mais novos não precisam se desesperar. Para contornar o problema causado pela expiração do certificado, basta recorrer ao navegador Firefox. A dica, recomendada por especialistas da empresa Let’s Encrypt, vale para usa Android Nougat ou anterior. Para os demais usuários, a solução é atualizar o dispositivo.

Leia mais
Cinco artistas digitais que criam artes de tirar o fôlego no Photoshop

Cinco artistas digitais que criam artes de tirar o fôlego no Photoshop

Arte e tecnologia são duas áreas do conhecimento que andam lado a lado há algum tempo e se complementam para transformar ideias, muitas vezes inimagináveis, em sonhos e imagens reais. O mundo do entretenimento, a cultura pop, lugares paradisíacos ou até mesmo o cotidiano em família têm o poder de influenciar a imaginação das pessoas e servem como fonte de criatividade de outras tantas. Ideias tiradas desses estímulos são usadas com frequência como base de processos criativos interessantes e, até mesmo, como fonte de inspiração para profissionais de áreas que vão da engenharia à comunicação. Aproveitando que o momento ainda é de ficar em casa e usar esse tempo para explorar a criatividade e encontrar aquele hobby que te faz feliz, listamos cinco nomes de artistas digitais que vão te inspirar: 1. Max Asabin Em primeiro lugar, não poderíamos deixar de falar sobre Max Asabin, um artista russo que é um mestre do Photoshop. Assim como um mago que consegue distorcer a realidade, ele tem habilidades fenomenais de transformar uma fotografia totalmente sem graça em uma imagem espetacular, superando todos os limites da manipulação de imagens. Ele sobrepõe imagens simples do cotidiano com decorações e efeitos de luzes, trazendo o realismo para os seus cenários. Apesar de também trabalhar com empresas para fins comerciais, o artista utiliza a sua técnica principalmente para sua própria diversão. Em uma de suas incríveis produções, Max mostra o seu processo de criação em seu canal do YouTube. 2. Benny Productions Com apenas 20 anos de idade, Benjamin van Valen mora na Holanda e inspira suas artes na cultura pop e, principalmente, em franquias como Star Wars, Alien, Harry Potter e muito mais. Benny extrai a sua inspiração de filmes que realmente gosta e suas ideias surgem aleatoriamente e, a partir daí, usa toda a sua habilidade para criar os mais diferentes cenários, utilizando fotos próprias e de banco de imagens. Todos os dias se coloca em cenas e situações e faz cada aventura parecer real aos olhos de quem admira suas telas. No canal do YouTube do artista, ele mostra os processos de suas criações e interage com seu público por meio dos seus vídeos. 3. Life of Aivax Vanessa Rivera se inspira na imaginação da infância. Seus três filhos são sua fonte de inspiração e trazem para as suas criações conceitos divertidos e de encantamento. A artista digital aprendeu a manipular imagens e criar cenários em apenas dois anos e, junto com sua família, embarcou em um novo rumo em sua vida, criando artes e cenários ao redor do mundo, usando ícones locais, culturas e histórias dos países que visita como inspiração. Hoje, a imagem de abertura do Photoshop, em sua versão mais atual, estampa um dos trabalhos feitos por Vanessa. Em seu próprio site, Vanessa ensina como uma pessoa pode criar seus próprios cenários, dá dicas de fotografia, apresenta seu podcast compartilhando pensamentos e experiências convidados que também têm negócios de sucesso relacionados a viagens pelo mundo e, além disso, vende seus tutoriais de Photoshop e suas criações impressas ou em arquivos digitais. A artista transformou sua paixão em negócio e vem fazendo sucesso no meio. 4. Jack Usephot Esse artista já teve a sua criação na abertura do Photoshop em sua versão 2015.5, sabia? Jack Usephot assumiu essa responsabilidade e aplicou infinitos detalhes e muita precisão nesse trabalho, impressionando profissionais que utilizam o programa no mundo inteiro. Brasileiro, iniciou sua carreira como designer gráfico com 27 anos e depois de três anos trabalhando na área, percebeu que tinha um talento nato e se aprofundou nas técnicas de manipulação de imagens. O artista digital tem um estilo único e atua como designer de paisagens, como ele mesmo se denomina. Suas incríveis telas podem ser vistas pelo seu portfólio disponível no Behance. 5. Régis Mathias Régis Mathias se aventurou no programa de criação Photoshop aos 15 anos de idade, para expressar a paixão por uma série, desenvolvendo wallpapers e banners. Hoje, é um dos profissionais que encontrou na arte digital a liberdade para criar e elaborar projetos seguindo suas próprias ideias, sem precisar dosá-las. Publicitário de formação, construiu seu canal do Youtube vinte anos depois como uma válvula de escape, onde mostra o seu processo criativo. As ideias podem vir de qualquer lugar e qualquer momento: assistindo um filme, jogando videogame, ouvindo uma música. O conceito surge na mente e é quando ele inicia a construção da imagem, tendo como inspiração os pôsteres de filmes e trailers que tanto marcaram a sua infância. Apesar de o artista produzir suas criações como um hobby, já chamou a atenção de empresas que vão desde o Canadá até a Malásia. Uma verdadeira potência criativa! Se pudéssemos deixar duas palavras de direcionamento para você que é um iniciante em edição de imagens, seriam: dedicação e aprendizado. Olhe sempre ao seu redor, aprenda com outros artistas e ensine o que você sabe a quem também quer aprender e, o mais importante, não desista no primeiro obstáculo. Com paciência e determinação, todos podemos chegar onde desejamos e fazer aquilo que mais nos satisfaz.

Leia mais
Linux celebra aniversário de 30 anos. Saiba como o projeto surgiu

Linux celebra aniversário de 30 anos. Saiba como o projeto surgiu

Era 25 de agosto de 1991 quando o finlandês Linus Torvalds enviou uma mensagem a um grupo na Usenet pedindo sugestões para um software que ele desenvolvia como hobby. Nascia ali, sem que ele soubesse, um dos projetos de código-fonte aberto mais importantes de todos os tempos: o kernel Linux. Tux no Ubuntu Linux (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog) Na época, Torvalds tinha pouco mais de 20 anos e era um estudante de ciência da computação na Universidade de Helsinque, Finlândia. A sua preocupação, naquele momento, era criar um sistema operacional baseado em terminal capaz de rodar de maneira satisfatória em computadores equipados com o processador 80386. O projeto tinha lá as suas semelhanças com o Minix, sistema operacional que, por sua vez, tem raízes no Unix (assim como próprio Linux, obviamente). O Minix foi desenvolvido por um nome muito conhecido por estudantes e docentes de ciência da computação ou cursos relacionados: Andrew S. Tanenbaum. Tanenbaum é professor e um renomado autor de livros que são referências em cursos de computação no mundo todo. Entre as suas obras estão Organização Estruturada de Computadores e Sistemas Operacionais: Projeto e Implementação. Não surpreende que o Minix tenha sido alvo do interesse de Linus Torvalds por algum tempo. Esse sistema operacional foi desenvolvido por Tanenbaum com a finalidade de servir de ferramenta de apoio acadêmico, ou seja, para facilitar a compreensão dos fundamentos de um sistema operacional pelos estudantes. Sem grandes pretensões, Torvalds começou a trabalhar em seu sistema operacional e, algum tempo depois, enviou uma mensagem para o grupo comp.os.minix na Usenet (basicamente, uma rede de comunicação baseada em troca de mensagens) pedindo sugestões para o projeto. Linus Torvalds (imagem: Krd/Wikimedia) A mensagem de Torvalds na íntegra pode ser conferida aqui, mas eis o começo dela (em tradução livre): Olá a todos que usam o Minix – Estou criando um sistema operacional (livre), (é apenas um hobby, não será algo grande e profissional como o GNU) para máquinas AT 386 (486). Ele tem sido trabalhado desde abril, e está começando a ficar pronto. Eu queria pedir opiniões sobre coisas que as pessoas gostam/não gostam no Minix, já que o meu SO lembra um pouco ele (mesmo layout físico do sistema de arquivos (por motivos práticos), entre outras coisas). Linus Torvalds Linus Torvalds recebeu não só opiniões como viu o projeto atrair um número crescente de interessados. Mais tarde, ele admitiu que só se deu conta das dimensões que o Linux estava ganhando entre o final de 1991 e o começo de 1992, quando membros que ele não conhecia começaram a participar da discussão do projeto no grupo. Curiosamente, o Linux não foi bem recebido por Tanenbaum naquela época. O professor notou que o kernel era monolítico (abordagem na qual todos os principais recursos e serviços compartilham o mesmo espaço) e o considerou obsoleto por isso. Houve uma discussão entre ambos, mas tudo indica que Tanenbaum e Torvalds se entenderam com o passar dos anos. Linux Foundation celebra aniversário Ainda em 1992, Torvalds adotou a licença GPL-2.0 no projeto. A decisão foi essencial para os primeiros sistemas baseados no Linux surgirem. Com efeito, em 1993, distribuições muito conhecidas até os dias atuais começaram a aparecer, como Debian, Red Hat e Slackware. Nos anos seguintes, o projeto ganhou escala, tanto em uso quanto em colaboração. Hoje, além das próprias distribuições, o Linux é a base de uma grande diversidade de sistemas. Nada mais justo, portanto, que a data de publicação da primeira mensagem seja motivo de celebração, inclusive pela própria Linux Foundation. Entre as ações para o momento, a organização criou uma página na qual os usuários podem baixar imagens comemorativas (e divertidas). 100% dos 500 maiores supercomputadores do mundo rodam Linux. Nada mau para 30 anos. (imagem: divulgação/Linux Foundation) Camisetas e outros itens para celebrar a ocasião também podem ser encontrados na loja online da Linux Foundation. Feliz aniversário de 30 anos, Linux! 

Leia mais
Posts